Me Ensina o Cômodo

É como se todas as coisas
Estivessem voltadas pra uma só
No companheiro há luz
Não a luz que ela enxerga lá fora

Pontos marcados a seu favor
Considerando as tentativas
Até que se deu bem
Depois de todo pavor

Cada dia feliz é contado e lembrado
Para não esquecer que valeu a pena
Desistir do alvo mais difícil
Por não entender nem a si mesmo

Na sorte uma rua não leva a outra
Não tenha medo de ver
Nas linhas abandonadas
A luz que você enxerga lá fora

Um comentário:

  1. aff agora li essa melhor sua parábola...rsrsr
    lembra um tanto bom da minha estrada...mais porém posso estar errada, mas pelo menos me deu alguns sentidos suas palavras...

    ResponderExcluir

Seguidores

Recomendações Cinematográficas

  • Requiem Para um Sonho
  • O Sol de Cada Manhã
  • À Procura da Felicidade
  • Tudo Acontece em Elizabethtown
  • O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
  • O Amor Não Tira Férias
  • Laranja Mecânica
  • Efeito Borboleta
  • Na Natureza Selvagem
  • Clube da Luta
  • V de Vingança