Dedos de Alho

A vida tem parecido tão estranha
Dos tantos caminhos sem planos
Eu segui
Luzes queimadas pensando em você

Ainda existem linhas entre nós
Entendo que tenha medo
Revendo cada dado jogado
Dizendo pra si que não há nada pra vir

Quando o começo pode ser o fim
Bilhetes de loteria tocam seu coração
E você nunca diz 'eu quero vencer'

Não tenha medo do escuro
Quando o começo pode ser o fim
Não tenha medo do escuro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Recomendações Cinematográficas

  • Requiem Para um Sonho
  • O Sol de Cada Manhã
  • À Procura da Felicidade
  • Tudo Acontece em Elizabethtown
  • O Fabuloso Destino de Amélie Poulain
  • O Amor Não Tira Férias
  • Laranja Mecânica
  • Efeito Borboleta
  • Na Natureza Selvagem
  • Clube da Luta
  • V de Vingança